quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Eleições Presidenciais

Realizaram-se no passado dia 24 de Janeiro, as eleições presidenciais. No Ozendo, dos 135 inscritos, votaram 44 pessoas. Os resultados foram os seguintes:

António Sampaio da Nóvoa: 6 votos
Edgar Silva: 2 votos
Vitorino da Rocha e Silva: 4 votos
Marisa Matias: 8 votos
Maria de Belém: 1 voto
Marcelo Rebelo de Sousa: 19 votos
Paulo de Morais: 2 Votos


Os restantes candidatos: 0 votos. Foi considerado 1 voto nulo. 

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Janeiras 2016

E cumpriu-se a tradição, no passado sábado cantaram-se as Janeiras pelas casas do Ozendo. É com alguma tristeza que vemos cada vez menos gente na nossa terra, mas não temos dúvida, que este pequeno momento traz alguma animação nesta noite fria.

Como habitualmente, o local de encontro é a sede da ARCO, mal anoitece começa-se a ronda de casa em casa, a pedir a janeira. E a cesta encheu; chouriça, morcela, alheira, vinho, chocolates, dinheiro!


Chegados à ARCO, altura de fazer a prova! Que belos enchidos temos na nossa terra! 












quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Janeiras 2016

Contamos com todos!


2016



Lembramos a todos os sócios da A.R.C.O que se encontra a pagamento a quota referente a 2016 (valor = 10€).
O não pagamento de quotas durante 3 anos pressupõe a exclusão de sócio, sendo que nova inscrição requer o pagamento de jóia de 30€, mais a quota correspondente ao ano da nova inscrição.

O pagamento pode ser efectuado na sede da A.R.C.O. ou por transferência bancária (003507020002537683032), mediante apresentação do comprovativo de pagamento. 

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Um dia no forno!

Aproveitando serem férias de Natal, haver mais gente no Ozendo, realizou-se no passado 26 de Dezembro um retorno aos tempos do antigamente, onde se “deitava” fogo o forno e depois cada um fazia as suas fornadas de pão e bolos.

O dia começou cedo, encher o forno de lenha para aquecer. Entretanto, quem quis realizar os tradicionais bolos, trouxe os ingredientes; farinha, ovos, óleo, laranja, açúcar, etc que foram batidos à mão.

Forno pronto, montou-se uma autêntica linha de montagem; bater os ingredientes, colocar a massa nos tabuleiros, colocar no forno, retirar do forno e retirar dos tabuleiros. Que maravilha os bolos ainda quentinhos!


Resta agradecer a todos os que participaram e obrigado a todos aqueles que contribuíram para a “festa”, dando um pouco do seu, para todos! 










terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Fogueira 2015










Não temos dúvida em afirmar que Natal sem fogueira ou madeiro nas praças das nossas Terras, não seria a mesma coisa! Não se trata só de um conjunto de paus que arde na noite de 24 de Dezembro e aquece todos aqueles que se dirigem à Praça depois de jantar, trata-se de um símbolo de reunião, de reencontros, de partilha de recordações, ou seja, muitos dos ideais do verdadeiro Natal.
A Fogueira é ateada logo após o jantar, mas é depois da meia-noite quando as prendas são abertas, que a maioria se dirige ao madeiro para uns momentos de convívio e conversa.
Durante a noite também não faltam as “bombinhas”, latas de spray vazias que são atiradas para a fogueira, para provocar pequenos estrondos. Isto faz recuar no tempo…e, quando há mais de 30 anos, ao deitar-se uma “bombinha” para a fogueira, esta rebentou com tal intensidade que apanhou os fios da electricidade, tendo o Ozendo ficado sem luz!

As horas vão passando e ficam os resistentes que de madrugada fazem um reforço alimentar: pão, queijo e chouriça para o deitar e para um melhor sonhar!